O que faz um nutricionista da área social? #MêsDoNutricionista

Por Camila Araújo e Camila Leão.

No campo da Nutrição Social, o nutricionista está inserido na discussão e articulação de temas como segurança alimentar e nutricional, direito humano à alimentação adequada, produção e abastecimento de alimentos, saúde pública, ações de promoção da saúde, políticas e programas de alimentação e nutrição, enfim, o nutricionista da área social está inserido em vários âmbitos de atenção à saúde, a fim de promover uma alimentação saudável e de prevenir as doenças relacionadas à alimentação e nutrição.

No âmbito Federal, o profissional atua na base conceitual para a elaboração e implantação de programas e políticas de alimentação e nutrição. Além disso, o profissional exerce um papel fundamental na implementação dos programas norteados pela Política Nacional de Alimentação e Nutrição (PNAN) em âmbitos menores, nos estados e municípios. No Programa Bolsa Alimentação, por exemplo, o nutricionista tem a função de identificar fatores e famílias de maior risco nutricional, monitorar o estado nutricional de gestantes, nutrizes e crianças de 0 a 6 meses, promover educação nutricional voltada para a comunidade e orientação e treinamento das equipes de saúde.

Além disso, o nutricionista pode atuar nas Secretarias da Saúde, Educação e Assistência Social, buscando sempre o desenvolvimento de ações articuladas entre os diferentes setores que compõe a Gestão Pública.

Na Secretaria da Saúde, o nutricionista é responsável por todas as ações da PNAN destacando-se:

  • Atuação em grupos como HiperDia, de gestantes, terapêuticos, de redução de peso, entre outros;
  • Efetuação de atendimentos individuais para casos específicos;
  • Elaboração de campanhas educativas;
  • Efetuação do Sistema Nacional de Vigilância Alimentar e Nutricional (SISVAN), uma condicionalidade do Programa Bolsa Família;
  • Participação no Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF).

Na Secretaria da Educação, o nutricionista é responsável pelo Programa Nacional da Alimentação Escolar (PNAE), cujas ações são:

pnae

  •  Elaborar cardápios com refeições nutritivas e que respeite a diversidade da região;
  • Efetuar o teste de aceitabilidade de um gênero alimentício antes de introduzi-lo no cardápio escolar;
  • Capacitar os funcionários responsáveis pelo preparo da alimentação escolar sobre diversos temas como boas práticas de fabricação;
  • Realizar acompanhamento nutricional dos escolares a fim de verificar seu estado nutricional;
  • Atuar na educação alimentar e nutricional, por meio de palestras, dinâmicas ou debates.

Na Assistência Social, as ações são voltadas à Segurança Alimentar e Nutricional:

san

  • Restaurante Popular;
  • Banco de alimentos;
  • Implementação, coordenação e/ou supervisão de cozinhas comunitárias;
  • Distribuição de alimentos para população em situação de emergência;
  • Ações de educação alimentar e nutricional;
  • Programa de Aquisição de Alimentos.

Com a atuação do nutricionista na Gestão Pública, trabalha-se diretamente na prevenção de patologias, reduzindo a quantidade de fármacos utilizados e, consequentemente, o número de internações. Porém, mais do que economia, a prevenção resulta numa melhor qualidade de vida para a população, garantindo seus direitos básicos.

Através das políticas públicas pode-se reduzir os índices de doenças como anemia ferropriva, deficiência de ácido fólico e vitamina A e desnutrição. Além disso, pode-se prevenir o desenvolvimento das doenças crônicas não transmissíveis, como: obesidade, hipertensão arterial sistêmica (HAS), diabetes mellitus (DM), dislipidemias (colesterol e triglicerídeos), etc.

Na Atenção Básica à saúde – Unidades Básicas de Saúde e Programa Saúde da Família, ou seja, atuando no SUS – o profissional tem o papel de intervir na alimentação e nutrição, visando melhorar a qualidade de vida da população, através de um diagnóstico nutricional e uma intervenção adequados aos hábitos familiares, à cultura, às condições fisiológicas dos grupos e à disponibilidade de alimentos.

Algumas experiências de nutricionistas do SUS são mostradas no vídeo abaixo:

Falando de Direitos – Alimentação e Saúde no SUS

Sinopse:  Márcia e Cida, duas nutricionistas do Sistema único de Saúde (SUS), mostram, em suas rotinas de trabalho, como promover práticas alimentares saudáveis, a prevenção e o controle de problemas causados pela alimentação inadequada. Especialistas observam a atuação desssas profissionais e comentam o elo que existe entre alimentação e promoção da saúde, bem como a importância da Política Nacional de Alimentação e Nutrição como pauta fundamental do SUS.

Assim, o papel do nutricionista na sociedade e no setor saúde não é apenas de detentor do saber científico na área da alimentação e nutrição, mas também de possuir a destreza de o colocar em benefício do outro, e assim contribuir com a melhoria da qualidade de vida da população brasileira.

* Trechos do texto retirados da matéria O Nutricionista na Gestão Pública, da Revista do CRN2 e do texto Os Profissionais de Saúde e seu papel no Sistema Único de Saúde.

Anúncios

11 Comentários

Arquivado em Notícias

11 Respostas para “O que faz um nutricionista da área social? #MêsDoNutricionista

  1. Luciana Vaz

    Muito interessante essas informações, sem contar no fato da divulgação do nosso trabalho, para maiores esclarecimentos.Muito bom

  2. Grazi

    Muito bom o vídeo, me ajudou no trabalho da faculdade.. rsrs

  3. Ana Mirely Viana Lima

    Maravilhoso…Parabéns excelente vídeo…Obrigada!

  4. Anônimo

    referências, por favor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s