Alimentação na Mídia – Será que é isso mesmo?

Por Camila Leão.

A alimentação é uma atividade que está presente na vida do ser humano desde o nascimento. Diferentes fases compõem esse processo e a alimentação também muda de acordo com essas fases. Devido a tantas mudanças e a cada vez mais estudos e descobertas a respeito dos alimentos e de seus efeitos no organismo, é comum e até esperado que a população possua muitas dúvidas a respeito de como se alimentar da maneira correta.

bem estarPorém é muito importante saber onde buscar essas informações. Como já foi dito acima, quase que diariamente surgem novidades a respeito desse tema e como ele é de interesse global, as diferentes formas de mídia tem muito interesse em divulgar essas novidades. Infelizmente o que acontece é que em troca de mais audiência, ou de mais exemplares vendidos, muitas vezes essas informações são divulgadas de forma sensacionalista, com interesses financeiros e de tal maneira que acabam gerando mais confusão do que esclarecimento.

É importante que ao buscar informações a respeito de uma boa alimentação, o interessado procure a ajuda de um nutricionista. Assim como foi dito no primeiro texto sobre o “mês do nutricionista” esse profissional estudou, no mínimo, 4 anos durante a graduação para se tornar capacitado a falar sobre o assunto. Ao contrário do que algumas vezes é divulgado pela mídia, outros profissionais da saúde não são igualmente preparados para trabalhar algumas questões sobre alimentação.

Vale ressaltar também que o  atendimento nutricional é INDIVIDUALIZADO, ou seja, não existem dietas ou programas que se adequem perfeitamente para todos! Por mais que as dietas “funcionem”, que as metas a curto prazo sejam atingidas, NINGUÉM consegue manter uma “dieta da moda” durante muito tempo, seja porque não aguenta mais a monotonia alimentar que essas dietas propõem, seja porque o organismo dá sinais de que não está tudo bem…

revistas

Cada pessoa tem suas próprias necessidades, carências nutricionais, estilos de vida, hábitos alimentares, enfim, cada pessoa tem as suas particularidades, as quais precisam ser respeitadas e levadas em consideração para a elaboração de um plano alimentar.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s