Leite Ninho +1: bom ou não para as crianças?

Por Camila Leão.    

        Imagem

Ao fazer uma análise do Leite Nido (Leite Ninho mexicano) comercializado no México, a entidade civil El Poder Del Consumidor concluiu que este produto não possuía as características necessárias para ser indicado para crianças de 1 a 3 anos, como recomendava o seu rótulo. A partir deste estudo, o PropagaNUT decidiu avaliar o Leite Ninho +1, produto similar vendido no Brasil.

O Leite Ninho +1 é um produto da marca Nestlé, recomendado, especialmente, para crianças a partir de 1 ano de idade. No rótulo está escrito a palavra “fases”, indicando que cada fase da infância tem um produto específico. Como existe no mercado outro produto similar, porém indicado para crianças a partir dos 3 anos, entende-se que o primeiro é voltado para o público de 1 a 2 anos. Porém, será que esse produto é realmente indicado para essas crianças? Será que ao oferecermos Leite Ninho +1 estamos cuidando dos nossos filhos?

A Organização Mundial de Saúde (OMS) preconiza que crianças com menos de dois anos não devem consumir açúcares adicionados e, apesar disso, esse produto contém 3 tipos desses açúcares: xarope de milho, inulina e frutooligossacarídeos. Ao ler o rótulo, muitas vezes o consumidor não sabe o que são esses ingredientes e acredita estar oferecendo para seus filhos os nutrientes que eles precisam. A realidade é que, em cada copo de 200ml, a criança consome, em média, 15g de açúcar incluindo a lactose, açúcar proveniente do leite. Para piorar, sabe-se que normalmente a frequência diária de consumo desse produto é maior, podendo chegar a quase 50g de açúcar por dia, caso a criança o tome três vezes por dia.

Outro ponto importante a ser considerado quanto à composição desse produto é a quantidade de sódio que ele possui. No mesmo copo de 200ml citado anteriormente, a criança consome 73mg de sódio, ou no caso das três vezes por dia, 219mg de sódio. O consumo recomendado para esta faixa etária é de 1100mg, portanto 20% desse valor já estaria sendo consumido.

Pode-se observar que na composição nutricional apresentada no rótulo, de acordo com a legislação brasileira, as quantidades de cada ingrediente são comparadas a um consumo de 2000kcal diárias. Entretanto, o público para o qual o produto é destinado, normalmente consome menos calorias.

Na parte de trás da embalagem, encontram-se alegações  que indicam que o Leite Ninho é saudável. Porem assim como mostrado anteriormente,  um produto que contem quantidades elevadas de açúcar de adição, não pode ser considerado saudável.

É importante considerar também que o alto consumo do leite de vaca pode desencadear doenças como a intolerância à lactose e alergia  à proteína do leite. No caso de crianças este problema é ainda maior, devido a vulnerabilidade  deste grupo. Estudos mostram que o consumo de leite de vaca está relacionado com a ocorrência de diarreia e anemia, entre outras doenças.

A reflexão quanto a publicidade realizada por esta empresa, também pode ser estendida para o seu site. Ao acessar página observa-se uma publicidade voltada para crianças, feita a partir de uma promoção que permite ao ganhador conhecer os atores de uma famosa novela infantil. Vale ressaltar que para concorrer, a criança precisa consumir um outro produto rico em açúcar adicionado (Farinha Láctea Nestlé).

 Imagem

Outro aspecto interessante é a presença de links relacionados a alimentação e hábitos de vida saudável, no mesmo espaço onde encontram-se propagandas de alimentos e receitas não saudáveis. Esta mistura de conteúdos confunde o consumidor e o induz a fazer correlações inadequadas quanto aos alimentos e seus benefícios ou prejuízos.

Imagem

Conclui-se portanto que é necessário analisar criticamente o rótulo e a composição dos alimentos na hora da escolha do que consumir, buscando sempre opções mais saudáveis para nós e para nossos filhos.

About these ads

33 Comentários

Arquivado em Notícias

33 Respostas para “Leite Ninho +1: bom ou não para as crianças?

  1. Anônimo

    Enfim…resumindo todos vocês falaram tanto e não disseram nada.
    O melhor é o materno, mas se por motivos pessoais em que não for possível dar ao bebe, na minha opinião, que estou viva e com ótima saúde, não tenho e nem nunca tive nenhuma doença grave e nem nenhum tipo de alergia…sempre tomei leite diretamente da vaca fervido, excelente melhor impossível, pode ter gordura, mas é uma gordura saudável…melhor do que dá substâncias estranhas que vem em caixinha ou latas com rótulos que dizem conter substâncias que na verdade não tem, e ainda a maioria é sódio,conservantes,remédios…o que tem gerado tantas doenças cancerígenas…Meu bebe nasce logo, espero poder dar o meu leite, mas se não for possível, faço da forma em que fui tão bem criada! Bjoss á todos.

  2. Elisangela

    Qual leite devo alimentar uma criança de 3anos

  3. Parabéns pelo blog e obrigada por essa postagem tão relevante! Gostaria de saber a opinião de vcs sobre o leite vegetal como alternativa p crianças de 2 anos pôs aleitamento ou alternando. Obrigada!

  4. Val

    Ola!Por favor me tirem uma duvida? Tenho um filho de 2 anos,se ele tomar o leite de saquinho, caixinha ou tirado da vaca mesmo ele da uma diarreia forte. Se ele toma o piracanjuba 0 lactose o intestino prende,e se toma o ninho fortificado ou fases o intestino funciona bem? Qual sera o motivo,se o ninho e de vaca tambem? Obrigada!

    • Daki

      Olá, tudo bem?? Eu sou estudante de nutrição e pelo que estudei o seu filho tem está diarréia devido a proteína do leite.no lente de vaca “normal” tipo saquinho, caixinha e o da vaca mesmo a proteína (lactose)presente no leite está “inteira”(como se fosse um partícula gigante), já nas fórmulas infantis ou compostos lacteis, está proteína está quebrada (como se fossem pequenas partículas) , por isso a digestão é muito mais fácil. Já no leite sem lactose, não existe esta proteína. Acredito de seu filho tenha esta diarréia, pois o seu intestino ainda não está preparado para digerir a proteína “inteira”, mas quando ela já está um pouco degradada ele consegue!!! O ideal é vc dar o leite que ele não apresente diarréia, ou as fórmulas ou até mesmo o sem lactose (piracanjuba). E vai tentando aos poucos dai a alguns meses ou até anos inserir o leite de vaca de caixinha ou saquinho, na dieta dele. Beijos e tudo de bom para vocês!!

      • tecnica em laticinios

        Lactose é carboidrato..ta precisando estudar mais!

      • Daki

        Obrigada pela resposta da técnica em laticínios, RETIFICANDO então: a proteína presente no leite de vaca e na fórmula infantil é a CASEÍNA, que pode causar APLV em alguns bebês.
        Já a lactose é o “açúcar” presente no leite. Alguns bebês também podem ter pouca produção de enzimas (lactase), para digerir este açúcar , podendo ocasionar também diarréia.

  5. JO

    QUERER DAR LEITE MATERNO É UMA COISA!
    TER LEITE MATERNO É OUTRA BEM DIFERENTE!!!

    • Anônimo

      Olá, apenas gostaria de informar q TODAS as mulheres tem leite!!!! Até mulheres q adotam conseguem amamentar seus filhos através da relactação!!! Quem não tem produção de leite suficiente deve consultar seu gineco/obstr. para q o mesmo prescreva medicações, como ocitocina, para aumentar a produção de leite!!!!!

      • Anônimo

        Infelismente nao consegui amamentar meu bebe so com LM,e olha q tomei varios remedios receitados pelo meu GO e mesmo assim tive q incluir formula infantil na dieta dele,e quando meu bebe completou 5 meses meu leite secou de vez.

      • Anônimo

        O meu também secou com 4 meses..Isso de que toda mulher tem leite é balela..Eu queria muito amamentar, tomei remédios e nada!!!

  6. Daki

    Quero dar parabéns pelo blog, amei!!! Sou estudante de nutrição e mãe de um menino de 2 anos. Acho muito importante está informação sobre a quantidade de açúcar nos alimentos q compramos, pois algumas vezes vamos apenas pela propaganda e não pela composição do alimento. O que é um erro gravíssimo! Fiquei um pouco triste com alguns comentários, achei q muitas pessoas não deram o devido valor a este post, que para mim foi muuuito útil e também não entenderam q a idéia não é indicar nem fazer propaganda de nenhuma marca, mas sim fazer as pessoas pensarem e lerem antes o que vão dar para o seus filhos. Parabéns pela matéria!

  7. Anônimo

    Já que o leite tem muito açúcar e sabemos que isso faz mal é bom consumir leite vegeta, pois este leite é bom para a saúde de toda a família.

  8. Reinaldo Cesar

    Bom, o que eu entendi é que a informação do site é válida, embora muitos aqui não entendam e querem saber qual Leite é melhor para crianças. O que é dito aqui é que o Ninho +1 não é bom pois não é LEITE e sim COMPOSTO LACTEO e se querem saber qual leite é melhor o certo é procurar um PEDIATRA (a menos que achem que pediatra é o dotô que cuida dos PÉS). E o comentário do Luiz Antônio?? que coisa é aquela? Só pelo fato de que temos liberdade de expressão não quer dizer que podemos dizer qualquer bobagem, sob pena de sermos taxados de burros ou analfabetos. Aliás quando se diz algo a exaustão e as pessoas não entendem sobra apenas essas duas opções não é Luiz? O nobre leitor ainda viaja na maionese ao confundir carboidratos com açucares (propriamente dito). O caríssimo parece defender o sistema de vigilância sanitária e a indústria de leite em relação a pasteurização e etc… como confiar se até a pouco tempo estavam servindo “água oxigenada” pasteurizada?? Deve ser para matar as bacterias. Não caríssimo, não é incompetência, é má fé. Então eu faço o que devo fazer, FERVO o leite pasteurizado mesmo porque não há contra indicação, a não ser a de beber ele quente. E vou responder sua ultima pergunta: Acaso precisa ferver água da torneira para se beber? E por acaso voce bebe água diretamente da torneira?

    Por fim reforço o que a página diz: NÃO DÊ LEITE NINHO A SEU FILHO MENOR DE 1 ANO E ATÉ MESMO 2 ANOS. Qual devo dar?? PROCURE UM PEDIATRA PARA RECEITAR QUAL É MELHOR.

  9. Luiz Antonio

    olá.
    Primeiramente eu acho exagerado vocês ficarem repetindo a importância do aleitamento materno. Uma vez basta. Mais do que isso é chamar os leitores de burros ou analfabetos. Se vocês entendem isso, por que os demais não entenderiam? Isso já ultrapassa a questão “técnica” e entra na linguagem, na comunicação.
    Esclarecido isso, certo?

    No comentário acima falaram que é ruim a quantidade de açucar. Mas o leite integral tem quase 40% de açúcar (carboidrato). E vocês não apresentaram valores para fazer a comparação. Nesse caso, qual seria a vantagem ou diferença??
    Mais sódio é fácil entender que não é bom.

    Mas vocês deveriam refletir na resposta do pai solteiro. Qual a finalidade desse post? Se é algo puramente acadêmico, que não se incomoda em gastar tempo em discutir o sexo dos anjos, ai pode ser. Mas, se existe uma leve intenção de serviço e utilidade pública, vocês deviam imaginar a situação dele (e de todos os demais que não tem mais leite materno a disposição), entrando numa farmácia e pegando um pacote para dar para o filho. A questão dele era só essa! Qual pacote escolho? Qual o melhor? Ou, pelo menos, o que precisa ter para ser melhor? Tudo o resto que vocês colocam, que tem que ter alimentação, etc. Parece que só aqui que existe essa informação. Vocês não estão doutrinando ninguém não. Pelo menos imagino que não seja a intenção.

    O comentário acima também merece edição. Como recomendar ferver o leite pasteurizado???? Acaso o sistema de vigilância e os laticínios são ineficientes ou incompetentes? A pasteurização é o processo reconhecidamente seguro para a eliminação de contaminações do leite, que será sempre somado às boas práticas efetuadas pela coleta e manipulação do leite. Qualquer afirmação diferente é desconhecimento do processo ou uma acusação velada ao descumprimento pelas entidades responsáveis. Acaso precisa ferver água da torneira para se beber? E veja que ela recebe esgoto em vários rios…..
    Boa reflexão.

  10. Luana

    Esse leite de vaca de caixinha que vcs falam, é aquele vendido no supermercado? Qualquer leite UHT integral de caixinha com até 3% de gordura, serve para oferecer a uma criança de 1 ano? Como eu sei se é de vaca?

    • Olá Luana! Bom, a grande maioria dos leites UHT disponíveis nos supermercados são de vaca sim! Já as formulações infantis, são compostas por leite de vaca, mas em uma diluição e concentração que são adequadas para a tolerância da criança. Se a criança for menor de 1 ano, não é recomendada a introdução de leite de vaca; se já tiver 1 ano ou mais, o ideal é fazer um acompanhamento com um nutricionista para verificar qual opção é mais adequada para a criança, analisando o caso dela individualmente, ok?

  11. Pamela Leitão

    Olá a minha bebe tem 8 meses e toma ninho + 1 com mucilon, nao toma outro tipo de mama, já tentei todos os tipos, antes ele só tomava nan confor no máximo 120 ml, com este mama ela toma 210 e está com o intestino ótimo, antes eu tinha que ajudar a ela era um sofrimento, eu estou prejudicando o organismo da minha filha? por favor me de outra opção.
    Leite de vaca ela não quis, e o ninho comum prendeu muito ela, oq eu faço?

    • Olá Pamela! Bom, como a sua filha tem apenas 8 meses, o ninho +1 e o mucilon realmente não seriam indicados para consumo, pois são compostos lácteos, apresentando ingredientes (como óleo e açúcar, por exemplo) que não fazem bem para o organismo dela nesse momento (já que ainda é muito novinha). O mesmo vale para o leite de vaca e o leite ninho (que é leite de vaca em pó) uma vez que o sistema imunológico dela ainda está sendo fortalecido para tolerar esses alimentos no futuro. O ideal mesmo seriam as fórmulas infantis compostas somente por leite, vitaminas e minerais, que são formuladas com leite de vaca, mas em uma diluição e concentração que são adequadas para ela. Exemplos desta seriam o NAN, Nestogeno, Aptamil, etc. Porém, o mais indicado é que você procure um pediatra e/ou um nutricionista para avaliar qual é a melhor opção para ela, acompanhando também o funcionamento intestinal da criança, de forma que esses profissionais irão indicar, além do leite/fórmula, alimentos que auxiliem no funcionamento do intestino.

    • Nossa, combinação de puro açucar e tb pod edesenvolver alergia e microsangramentos, além do problema do ferro e sódio. Volte para a formula, se o problema for o preço, compre o o Milupa que é bem barato. E corte ja esse mucilon, substitua por farinha de aveia.

  12. Maria

    Minha filha tem 1 ano e 3 meses,depois que começou tomar o leite 1 + começou diarréia o que eu faço?

  13. Vanessa

    Os melhores leites após o 1 ano de idade são os COMPOSTOS LÁCTEOS. Não é só o Ninho 1+ que é composto lácteo. O Enfagrow da Mead & Johnson e o novo composto Milnutri da Danone também são compostos lacteos! São leites excelentes e caríssimos! O composto lácteo nada mais é do que trocar a gordura animal do leite e trocar pela gordura vegetal que é muito mais saudável. E uma quantidade de açucar é essencial pros bebes sim, o Enfagrow tb tem, só Milnutri que não tem. Mas açucar também faz parte da alimentação, mas claro sem excessos! Compostos lacteos são para crianças e leite para bezerro! Crianças nem precisam de leite, elas precisam de calcio e vitaminas!

  14. Pingback: Entendendo melhor sobre as Fórmulas Infantis | PropagaNUT

  15. Luana coutinho

    Meu Pediatra recomendou que eu usasse o leite aptamil ,uso desde os 6 meses, pois tive que parar de amamentar, comparando com o ninho e o nan , em questão nutricional o aptamil é 10,meu filho hoje tem 2 anos com 15 kl e 99 cm , ele não come direito comida oque salva mesmo é o leite que toma 3 x ao dia..espero ter ajudado.
    luana.

  16. Com todos os produtos químicos encontrados no leite de vaca que é tudo menos leite…. Ta difícil viu!!!! As tais critiqueiras quando não tem opções a nos revelar FAZEM PROPAGANDA DO ALEITAMENTO MATERNO!!!!! bla, bla, bla….. ora, ora!! QUE EU SAIBA AQUI É UM POST SOBRE LEITE EM PÓ….. SE NÃO TEM SOLUÇÃO PRA ESSE IMPASSE, SEJAM HUMILDES E DIGAM NAO SEI!!! NIGUEM ESTA AQUI PARA OUVIR SOBRE ALEITAMENTO MATERNO!

    J. Pierre (pai solteiro de 2 bebes)

    • Bom dia, J. Pierre.
      Primeiramente, este post era sobre o leite em pó sim, porém sempre sempre que profissionais de saúde discutem sobre o tema da alimentação infantil, principalmente quando envolve um alimento consumido por crianças menores de 2 anos, é reiterada a IMPORTÂNCIA DO ALEITAMENTO MATERNO sim, pois este é um ALIMENTO COMPLETO para crianças até 6 meses e recomendado para crianças ate 2 anos ou mais, fornecendo todos os nutrientes necessários ao adequado desenvolvimento. Sabemos que existem casos nos quais o aleitamento materno é impossibilitado – existindo opções mais adequadas do que o leite de vaca e, mais ainda, do que o Leite Ninho, visto que este é um composto lácteo, assim como comentamos anteriormente. Gostaríamos de deixar claro que, em momento nenhum assumimos a nossa opinião como verdade absoluta – tanto que pedimos para a Tassi (colega dos comentários anteriores) para nos mandar os textos que ela tinha lido, para que pudéssemos analisar e entender melhor as suas dúvidas. Tendo em vista que o assunto está gerando muita polêmica, vamos escrever um post específico sobre isso em breve.

      • Não é o assunto que gera polemica! São as respostas. Manter o foco sobre um assunto sem derivar é o mais hábil e útil. Se mães e pais vos escrevem para ESCLARECER SOBRE uma dúvida de QUAL LEITE EM PÓ É O MAIS INDICADO E QUE RECEBEMOS RECOMENDAÇÕES SOBRE ALEITAMENTO MATERNO…rs…. precisamos desenhar esta situação?? SOU PAI SOLTEIRO DE 2 BEBES E TENHO DÚVIDAS SOBRE O MELHOR LEITE PARA MINHAS FILHAS…. IMAGINE VOCE RECEBENDO RECOMENDAÇÕES DE ALEITAMENTO MATERNO!!!! ou seja, não fiquei esclarecido…. Para ouvir isso eu não precisava postar algo com voces. Obrigado.

      • Caro Jean,
        Nós trazemos a discussão sobre os leites industrializados disponíveis no mercado (mais especificamente, sobre o NINHO +1) para que os pais se questionem, reflitam e entendam o que realmente estão oferecendo a seus filhos achando ser a opção mais saudável – o próprio NINHO +1 não é leite e nem fórmula infantil é um COMPOSTO LÁCTEO. E muitos pais não sabem disso, não notam ou acham que não existe diferença. É essa informação que tentamos deixar claro! Além da importância de ler o rótulo para conhecer o que se está oferecendo para a criança No caso de fórmulas infantis e leite de vaca, a situação precisa ser avaliada caso a caso e de acordo com a tolerância, aceitação da criança e vontade dos pais – se a mãe decide parar o aleitamento; se a mãe opta por não oferecer leite de vaca, mas um leite de cereais, como de quinoa por exemplo, após os 6 meses; se O PAI É SOLTEIRO, entre diversos outros fatores individuais e pessoais. Logo, se você tem tantas dúvidas assim, porque não procura um profissional de saúde, como um pediatra ou um nutricionista, para avaliar qual o melhor leite para seus filhos, analisando a situação INDIVIDUAL DE CADA UM? Não podemos simplesmente dizer que este ou aquele é o melhor, pois é preciso avaliar – verificando se a criança está saudável, se tem alguma alergia, se tem intolerância à lactose, se tem refluxo gastroesofágico, qual a idade da criança, enfim, se tem uma série de fatores que indicam o uso da fórmula “X”, do leite de vaca integral ou do leite em pó. E até mesmo, se realmente existe indicação e necessidade do uso de leite ou de uma fórmula, já que a partir dos 6 meses é importante a introdução de ALIMENTOS.

        Se tiver interesse, escrevemos um post sobre fórmulas infantis que explicam um pouco sobre isso, mas não fazemos um recomendação específica porque, mais uma vez, CADA CASO É UM CASO QUE PRECISA SER AVALIADO INDIVIDUALMENTE PELO PROFISSIONAL DE SAÚDE E PELOS PAIS.

        Gratas.

        O link do post para facilitar: http://propaganut.wordpress.com/2013/10/07/entendendo-melhor-sobre-as-formulas-infantis/

  17. tassi diniz

    Que lindo! A matéria joga uma bomba no colo dos pais e não oferece nenhuma solução???? Realmente muitos dao o leite ninho pensando ser ele o mais saudável. E como não eh, qual devemos dar? Qual seria mais indicado para um bebê de 18 meses por exemplo?

    • Olá, Tassi!
      Bom, inicialmente, gostaríamos de ressaltar a importância do aleitamento materno EXCLUSIVO até os 6 meses de idade da criança, visto que fornece todos os nutrientes necessários para um bom crescimento e desenvolvimento. A partir dos 6 meses, é necessária a introdução da alimentação complementar com introdução de frutas, vegetais, cereais, leguminosas, carnes, etc. Nesse período, a criança pode e deve continuar a ser amamentada com o leite materno até os 2 anos ou mais. No caso de a criança não consumir mais o leite materno, a melhor opção de leite a ser ofertada é a que não contenha açúcar, óleo, sódio e aditivos alimentares adicionados ao produto (como é o caso do Leite Ninho). Uma opção mais adequada seria o próprio leite de vaca de saquinho (fervido) ou de caixinha, atentando para que a criança não mantenha a base de sua alimentação em mingaus e outras preparações que tenham o leite como ingrediente principal, pois é preciso estimular a mastigação, desenvolver o paladar, enfim, estimular hábitos de alimentação saudável que serão levados para toda a vida.

      • tassi diniz

        Ok. Muito obrigada pela resposta. Mas li em outros artigos que o leite de vaca só deve ser oferecido depois dos dois anos de idade. Teria alguma outra opção mais saudável que o ninho e sem ser o de vaca?

      • Bom, Tassi, as fórmulas infantis, inclusive o Leite Ninho, são formuladas com leite de vaca (em pó).
        O Ninho fases não é leite em pó APENAS; ele é um preparado lácteo – que contém outros ingredientes, como podemos observar:
        Leite parcialmente desnatado, xarope de milho, lactose, óleo de milho, óleo de canola, oleína de palma, frutooligossacarídeos, sais minerais, vitaminas e emulsificante lecitina de soja. NÃO CONTÉM GLÚTEN. (Fonte: http://www.nestle.com.br/site/marcas/ninho/leites_em_po/ninho_fase_1.aspx).
        Logo, na nossa opinião, acreditamos que o ideal é o leite materno e o leite de vaca integral.
        Talvez, a questão da introdução de leite de vaca antes de 2 anos não seja recomendada (nos textos que você leu), visto que ainda é um período em que o leite materno ainda pode (e deve) ser ofertado. Se você quiser nos enviar por e-mail os textos que leu, para discutirmos melhor sobre os possíveis motivos, estamos à disposição!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s